Início Atual Expediente Instruções aos autores Sistema de submissão
 
Resumo
 

Carreiro FA. Academia Brasileira de Especialistas e Enfermagem – ABESE – A construção de um espaço de poder (2000–2001). Rev. Eletr. Enf. [Internet] 2007;9(1):275-6. Available from: http://www.fen.ufg.br/revista/v9/n1/v9n1a22.htm

 

Academia Brasileira de Especialistas e Enfermagem – ABESE – A construção de um espaço de poder (2000–2001)1

 

Brazilian Academy of Specialists in Nursing – ABESE – the construction of a empowering space (2000–2001)

 

Academia Brasileña de Especialistas en Enfermería – ABESE – La construcción de un espacio de poder (2000–2001)

 

 

Flávia de Araújo CarreiroI

IEnfermeira. Mestre em Enfermagem. Especialista em Administração de Serviços de Saúde. Membro do Laboratório de Pesquisa em História da Enfermagem – LAPHE. Enfermeira do Centro de Tratamento de Queimados do Hospital do Andaraí – RJ. E-mail: flavia.carreiro@yahoo.com.br

 

 


RESUMO

O objeto deste estudo é o processo de criação da Academia Brasileira de Especialistas em Enfermagem – ABESE, fundada em 2000, na cidade de São Paulo, que, em minha visão, tem no seu processo de geração, organização e implementação, a concretude de um processo de especialização ocorrido nas Ciências Médicas, e refletido na Enfermagem. Identificar as circunstâncias de criação da ABESE, e examinar seu(s) significado(s), além de discutir as perspectivas futuras dentro do processo de profissionalização da Enfermagem foram os objetivos do estudo. Este teve como fundamentação teórica, a multireferencialidade, e como metodologia, a pesquisa histórica. Os conceitos de Pierre Bourdieu sobre habitus, capital e poder simbólico somado ao pensamento de Michel Foucault sobre o valor do discurso, foram selecionados e aplicados ao estudo, que conclui que o processo de especialização pelo qual a enfermagem passou, aponta para uma reatualização do habitus do enfermeiro, o qual estará baseado em uma prática dominada pela tecnologia. Ao estudá-lo, observei que a Enfermagem, representada pela ABESE, ensaia os primeiros passos para conseguir o mesmo resultado que as Ciências Médicas obtiveram no que se refere às conseqüências positivas sobre o reconhecimento social e critério de competência. Representante forte de um paradigma político-econômico vigente, o estado de São Paulo impulsiona mudanças na prática profissional, e sendo assim, a ABESE, enquanto forma de organização política, é uma estratégia de afirmação e legitimação de um grupo que busca produzir valor social fora dos modelos tradicionais de legitimação, centrados na academia. A partir de ações concretas da ABESE, contestei a trajetória do movimento de valorização da Enfermagem especializada, nascido, não por acaso, neste estado. A reflexão sobre as trajetórias das sociedades de especialistas indicou que acima das cisões ou acordos havidos na história da Enfermagem, o mais importante é o próximo passo a ser dado, para maiores e melhores conquistas. A História da Enfermagem é feita de pioneiras e pioneiros.

Palavras chave: Especialidade; Poder; História da Enfermagem.


ABSTRACT

The object of this study is the process of creation of the Brazilian Academy of Specialists in Nursing - ABESE, established in 2000, in the city of São Paulo, that, in my vision, has in its process of generation, organization and implementation, the realization of a process of specialization occurred in Medical Sciences, and reflected in the Nursing. To identify the circumstances of creation of the ABESE, and to examine its (s) meaning (s), beyond inside arguing the future perspectives of the Nursing’s process of to be professional, had been the objectives of the study. This had as theoretical background, the multiple references, and as methodology, the historical research. The concepts of Pierre Bourdieu on habitus, capital and symbolic power added to the thought of Michel Foucault on the value of the speech, had been selected and applied to the study, that concludes that the specialization process for which the nursing passed, it points with respect to a update of habitus of the nurse, which will be based on one practical one dominated for the technology. When studying it, I observed thatthe Nursing, represented for the ABESE, assays the first steps to obtain the same resulted that Medical Sciences had gotten in what it mentions to the positive consequences on the social recognition and criterion of ability. Strong representative of an effective politician-economic paradigm, the state of São Paulo stimulates changes in the practical professional, and being thus, the ABESE, while organization form politics is an affirmation strategy and legitimation of a group that it searches to produce value social is of the traditional models of legitimation, centered in the academy. From concrete actions of the ABESE, I contested the trajectory of the movement of valuation of the specialized Nursing, been born, not by chance, in this state. The reflection on the trajectories of the societies of specialists, indicated that above of the splits or agreements had in the history of the Nursing, most important it is the next step to be given, for greatest and better conquests. The History of the Nursing is made of pioneering pioneers and.

Key words: Specialism; Power;  History of Nursing.


RESUMEN

El objeto de este estudio es el proceso de creación de la Academia Brasileña de Especialistas en Enfermería - ABESE, fundada en 2000, en la ciudad de São Paulo, que, en mi visión, ha en su proceso de generación, organización e realización, la formalización de un proceso de especialización ocurrido en las Ciencias Médicas, y reflejado en la Enfermería. Identificar las circunstancias de creación de la ABESE, y examinar suyo(s) significado(s), además de discutir las perspectivas futuras dentro del proceso de profesionalización de la Enfermería, fueron los objetivos del estudio. Este tuvo como fundamento teórico, las referencias diversas, y como camino metodológico, la investigación histórica. Los conceptos de Pierre Bourdieu sobre habitus, capital y poder simbólico sumado al pensamiento de Michel Foucault sobre el valor del discurso, fueron seleccionados y aplicados al estudio que concluye que el proceso de especialización por el cual la enfermería pasó, apunta para una reactualización del habitus del enfermero, el cual estará basado en una práctica dominada por la tecnología. Al estudiarlo, observé que la Enfermería, representada por la ABESE, ensaya los primeros pasos para conseguir el mismo resultado que las Ciencias Médicas obtuvieron en el que se refiere las consecuencias positivas sobre el reconocimiento social y criterio de calificación. Representante fuerte de un paradigma político-económico vigente, el estado de São Paulo impulsa cambios en la práctica profesional, y siendo así, la ABESE, mientras forma de organización política, es una estrategia de afirmación y hacerse legal de un grupo que busca producir valor social fuera de los modelos tradicionales de hacerse legal, centrados en la academia. A partir de acciones concretas de la ABESE, contesté la trayectoria del movimiento de valoración de la Enfermería especializada, nacido, no por casualidad, en este estado. La reflexión sobre las trayectorias de las sociedades de especialistas, indicó que por encima de las rupturas o acuerdos habidos en la historia de la Enfermería, el más importante es el próximo paso a ser dado, para mayores y mejores conquistas. La Historia de la Enfermería es hecha de pioneras y pioneros.

Palabras clave: Especialización; Poder; Historia de la Enfermería.

 

 

Resumo recebido em 06.11.06

Aprovado para publicação em 30.04.07

 

 

1 Dissertação apresentada à Escola de Enfermagem Alfredo Pinto da  Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, junto ao Programa de Pós-graduação da Escola de Enfermagem Alfredo Pinto/UNIRIO. Defesa em 11 de outubro de 2006, sob orientação da Profª. Drª. Almerinda Moreira.

 
Licença Creative Commons A Revista Eletrônica de Enfermagem está licenciada sob uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Faculdade de Enfermagem / Universidade Federal de Goiás - Rua 227, Qd. 68, Setor Leste Universitário - Goiânia, GO, Brasil.
CEP: 74605-080 - Telefone: +55 62 3209-6280 Ramal 218 - E-mail: revfen@gmail.com.